EMBIRA

embira
Você sabe o significado da palavra EMBIRA, que dá nome a uma das mais antigas localidades povoadas de Cruz das Almas? 
De origem Tupi guarani,  Embira significa nome genérico de todas as plantas de hastes finas e flexíveis que servem para atar; plantas trepadeiras que pendem das árvores; cipó.
(Fonte: Dicionário de Palavras Brasileiras de Origem Indígena – Clóvis Chiaradia ) 

CURIOSIDADES HISTÓRICAS SOBRE CRUZ DAS ALMAS, EM ORDEM CRONOLÓGICA

1815 – O Arraial de Cruz das Almas é elevado a Freguesia, por Alvará Régio do Império
1877 – Inauguração da Igreja Matriz
1881 – Inaugurada a Estação de Pombal.
1897 – Cruz das Almas foi desmembrada do Município de São Félix e emancipa-se, sendo elevada à categoria de Vila. Foram realizadas as primeiras eleições municipais, sendo eleito o primeiro Intendente Cônego Antonio da Silveira Franca e os primeiros 07 Conselheiros.
1904 – Foi inaugurada a iluminação pública à gás.
1910 – Fundação da Sociedade Filarmônica Euterpe Cruzalmense.
1914 – Nasce a poetisa Jacintha Velloso Passos em 30 de novembro, na fazenda Campo Limpo.
1921 – A Lei Estadual nº 1537 confere a Cruz das Almas os foros de Cidade.
1922 – Fundação da Sociedade Filarmônica Lira Guarany, dia 15 de novembro.
1925 – Inauguração do prédio do Paço Municipal.
1930 – Reforma da Estação de Pombal, que passa a chamar-se Estação Ferroviária Eng. Eurico Macedo.
1931 – Fundação do Cruz das Almas Clube, com salões de festas e de jogos, praça de esportes, bar, etc.
1933 – Inauguração da Escola Comendador Themístocles.
1934 – Inauguração do fornecimento de energia elétrica da Usina de Bananeiras.
1935 – Inauguração da Fábrica de Charutos Suerdieck.

1938 – Fundação da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia em Cruz das Almas.
1939 – Inauguração do Hospital Nossa Senhora do Bonsucesso da Santa Casa de Misericórdia.
1940 – Cerimônia de colocação da Pedra fundamental marca a construção da nova Escola Agrícola da Bahia na cidade de Cruz das Almas.
1943 –A Escola Agrícola da Bahia é transferida e instalada em sua nova sede, em Cruz das Almas.
1946 – Criação do Instituto Agronômico do Leste – IAL, inaugurado em 1951 e que depois passou a ser o IPEAL.
1947 – Inauguração do Mercado Municipal, na Praça do Lavrador.
1948 – Inauguração do Ginásio Alberto Tôrres (atual CETEP).
1950 – Implantação dos campos da Agro Comercial Fumageira.
1950 – Instalação do Instituto Baiano do Fumo (IBF)
1951 – Inauguração do Instituto Agronômico do Leste – IAL, que depois passou a ser o IPEAL.
1952 – Criado, pela Portaria Ministerial nº 115 de 8 de abril, o Tiro-de-Guerra 06/004, tendo como primeiro instrutor o Sargento Napoleão Batista Lemos.
1953 – Fundação do Rotary Clube de Cruz das Almas.
1953 – Fundação do Grupo de Escoteiros General Edgar da Cruz Cordeiro.
1953 – Entregue ao público, erigida na atual Praça do Expedicionário, a estátua do Soldado Antônio Souza.
1955 – A Praça principal da cidade passa a ter uma só denominação de “Praça Senador Temístocles”, efetivando-se a supressão dos nomes de: Landulfo Medrado, 1º de Dezembro, Frederico Costa, Quintino Ferreira e Cônego Franca, de trechos da mesma praça.
1959 – Construção da “Pérgula”, na praça central da cidade. Bar de propriedade de José Florisvaldo Santana, à época.
1959 – Inauguração da agência do Banco do Brasil.
1963 – Fundação da Associação Espírita Obreiros da Fraternidade em 01 de fevereiro.
1964 – Fundação do Lions Clube de Cruz das Almas.
1964 – O Prefeito Jorge Guerra renuncia ao mandato.
1967 – A Escola Agronômica da Bahia é novamente federalizada, através de decreto presidencial que a incorpora ao patrimônio da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e passa a chamar-se Escola de Agronomia da UFBA.
1967 – Criação da Guarda Municipal, através da Lei Municipal nº 257 de 09 de Novembro.
1970 / 1971 – Construção do Clube de Campo Laranjeira.
1971 – Ficam instituídos o Brasão de Armas, a Bandeira e o Sinete do Município, que foram criados pelo heraldista baiano Irmão Paulo Larchemayer, o Beneditino.
1974 – Instituído o Hino a Cruz das Almas, com letra de Floriano Araújo Mendonça e música do maestro Eduardo Vieira de Melo.
1975 – Instituído oficialmente o Centro Nacional de Mandioca e Fruticultura da Embrapa (atual Embrapa Mandioca e Fruticultura) cuja unidade foi inaugurada no ano seguinte, em Cruz das Almas.
1976 – Inauguração da Biblioteca Pública Municipal Carmelito Barbosa Alves.
1976 – Reforma do Paço Municipal.
1986 – Inauguração do Fórum Dr. Tancredo de Almeida Neves
1986 – Criação da Fundação Cultural Galeno d’Avelírio.
1987 – Inauguração da Casa da Cultura Galeno d’Avelírio, sede da Fundação Cultural Galeno D’Avelírio, no antigo prédio da Cadeia Pública. 1987 – Inauguração do Terminal Rodoviário de Cruz das Almas, pelo governador João Durval Carneiro.
1987 – Fundação da Associação Pestalozzi de Cruz das Almas, que passou a funcionar no a ano seguinte.
1988 – Inauguração do Estádio Municipal de Cruz das Almas, o “Barbosão”.
1989 – Realização da primeira edição do “Arraiá do Laranjá”, no Parque Sumaúma.
1997 – Inauguração da TV Recon – Canal 25
2000 – A maior produtora de charutos e cigarrilhas do Brasil, a Suerdieck, instalada na Bahia havia 106 anos, fecha sua última unidade, na cidade de Cruz das Almas.
2005 – A Lei nº 11.151 cria a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) com uma estrutura multicampi, com sede e foro na cidade de Cruz das Almas, e unidades instaladas nos municípios de Santo Antônio de Jesus, Amargosa e Cachoeira.
2006 – Valdemir “Sertão” Pereira conquista o título de Campeão Mundial de Boxe, no dia 20 de janeiro.
2006 – Inauguração da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB, com a presença do Presidente Lula, dia 21 de março.
2009 – Inauguração da Praça Dr. Ramiro Eloy Passos, a Praça Multiuso.
2012 – Inauguração do Parque Florestal Mata de Cazuzinha, idealizado ainda na década de 60, na gestão do então prefeito Lauro Passos, mas realizado e inaugurado pelo prefeito Orlando Peixoto Pereira Filho.
2015 – O Prefeito Raimundo Jean Cavalcante Silva (PMDB) renuncia ao mandato. Ednaldo Ribeiro, que era seu vice, passa então a ser o prefeito.
2017 – Reabertura do Hospital Nossa Senhora do Bonsucesso da Santa Casa de Misericórdia, na gestão do prefeito Orlandinho Pereira, que foi eleito pela terceira vez em 2016.
2018 – Instalação da Diocese de Cruz das Almas e a posse de seu primeiro bispo diocesano, Dom Antonio Tourinho Neto.
2020 – Inaugurações da Praça de Eventos na Vila Alzira, às margens do açude do Laranjeira; da Praça da Juventude; e, da Clínica de Hemodiálise.

ASSOCIAÇÃO PESTALOZZI DE CRUZ DAS ALMAS

pestalozzi1-1.jpgA Associação Pestalozzi de Cruz das Almas surgiu da simplicidade objetiva que caracteriza as obras de profundo sentido humano, como tem sido a história de crescimento do Movimento Pestalozziano no Brasil.

Nasceu da iniciativa determinada e decidida de dona Rita Jaqueira Gomes, mãe de uma menina com deficiência intelectual e de dona Carmelita Caldas Velame, cuja filha tem déficit auditivo.

A falta de atendimento educacional especializado e a carência no tratamento à saúde e à assistência social [às pessoas com deficiências]  na cidade  [na época] levavam dona Rita a viajar com frequência para o Rio de Janeiro à procura de tratamento adequado para a sua filha.

Com a experiência acumulada, resolveu buscar outras mães para que juntas fundassem uma instituição que atuasse na defesa de direitos, na área da assistência social, da saúde, educação, ensino especializado, estimulação, ensino fundamental, com atendimento prático especializado em esporte; que cuidasse da formação e do encaminhamento ao trabalho [objetivando a inclusão das pessoas com deficiência na sociedade, seja ela intelectual, física, auditiva e/ou visual].

Dona Rita encontrou em Carmelita, uma parceira; uma parceira que passava pelas mesmas dificuldades. Era uma espécie de sócia da mesma dor; uma companheira que, com a falta de investimento oficial em educação direcionada à deficiência auditiva, via sua filha impossibilitada de seguir adiante nos estudos e na sua jornada rumo à inclusão social.

A parceria deu certo.  Mobilizou-se a sociedade e a ideia se fez realidade. Concretizou-se.

Em Cruz das Almas, cidade de 60 mil habitantes no Recôncavo Sul da Bahia, a Associação Pestalozzi foi fundada em 18 de outubro de 1987 e passou a funcionar já no inicio de 1988, em salas cedidas. 

Atualmente, em sua sede própria, na Praça João XXIII, no centro da cidade, realiza a sua obra diária, atuando na defesa de direitos, com participação efetiva em conselhos municipais.

A associação realiza assistência social, com encaminhamentos e informações sobre beneficio de ação continuada, dentre outros vários e prementes assuntos. Atua na saúde, prestando atendimento às pessoas com deficiência,  nas áreas de fisioterapia e fonoaudiologia; na educação especial, funcionando com escola especializada e oferecendo educação infantil e fundamental-1; no esporte, com aulas de educação física, e permanente participação em torneios intermunicipais.

A associação exercita a formação e efetua o encaminhamento ao trabalho por meio de oficinas profissionalizantes e de continuada intermediação com empresas do município.

(FONTE:https://prosas.com.br/empreendedores/9955-associacao-pestalozzi-de-cruz-das-almas )