O Hospital Nossa Senhora do Bonsucesso teve sua inauguração em 25 de junho de 1939, sendo construído num terreno doado pelo Coronel José Batista da Fonseca (Cazuzinha), um grande  benemérito da cidade. Fundado e mantido pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Cruz das Almas, e por muitos anos considerada a melhor Casa de Saúde do Recôncavo, sendo a maternidade de inúmeros filhos desta terra e região.

Foi idealizado, construído e instalado pelo então prefeito Dr. Luiz Eloy Passos, que foi também o primeiro provedor da Santa Casa de Misericórdia de Cruz das Almas. O primeiro diretor do Hospital foi o Dr. Edmundo Pereira Leite.

O Hospital Nossa Senhora do Bonsucesso, presente no município há mais de 80 anos, desde a sua abertura foi gerido e administrado pela Santa Casa de Misericórdia de Cruz das Almas, mas por conta de dificuldades financeiras, a unidade passou a ser gerida pela Associação de Proteção à Maternidade e à Infância (APMI), no período entre 2012 até 2014, quando a partir de então ficou fechada.

Só após 2 anos e 8 meses do seu fechamento, em 2017, é que o Hospital Nossa Senhora do Bonsucesso da Santa Casa de Cruz das Almas foi reaberto, numa cerimônia no dia 11 de março, com a presença do Governador Rui Costa no município.

Numa ação conjunta envolvendo a Prefeitura Municipal, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia e o Governo do Estado da Bahia, através da gestão municipal do Prefeito Orlandinho, que em apenas dois meses e meio do seu 3º mandato conseguiu devolver e garantir à população os serviços de Obstetrícia (parto normal e Cesário), Internamento de Clínica Médica (adultos e pediatria), Cirurgias Eletivas, dentre outros, que serão oferecidos pelo Hospital Nossa Senhora do Bonsucesso.

No Brasil, a Santa Casa chegou durante o período colonial e as suas unidades foram instaladas em diversos locais do país. A primeira foi em Santos, São Paulo; a segunda, em Olinda, Pernambuco; e a terceira em Salvador, Bahia, no ano de 1549.

(FONTES: http://www.santacasaba.org.br/historia ; ASCOM Prefeitura de Cruz das Almas ; http://port.pravda.ru/sociedade/curiosas/12-05-2016/40948-santa_casa_cruz-0/#sthash.8hKBrhhw.dpuf; SANTANA, Alino Matta. O LIVRO DO CENTENÁRIO. 1997; biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=428905 ; Ana Lucia Reis Fonseca)