EPIDEMIA DE VARÍOLA EM CRUZ DAS ALMAS

Transcrição, retirada do livro de Mário Pinto da Cunha, do trecho do relatório de gestão do Cônego Antônio da Silveira Franca, primeiro Intendente de Cruz das Almas, referente à Saúde Pública em janeiro de 1899.
Destaque para a parte que diz: não fosse o acesso diário das pessoas frequentando os lugares contaminados pela varíola, não teríamos que lutar por 4 meses com esta moléstia que ceifou muitas vidas.

Isto há 122 anos em Cruz das Almas!!!!

Publicado por

Edisandro Barbosa Bingre

Escritor, poeta, pesquisador memorialista e almanaquista. Agraciado em 2020 com o Título de Cidadão Cruzalmense pela Câmara de Vereadores de Cruz das Almas, Bahia.