AS MULHERES E O SINDICATO DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DA INDÚSTRIA DO FUMO

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria do Fumo de Cruz das Almas, uma entidade que tinha por finalidade representar os trabalhadores e as trabalhadoras da indústria fumageira de Cruz das Almas e também das cidades circunvizinhas como: Sapeaçu, Baixa de Palmeira, Castro Alves, São Felipe, Dom Macedo Costa, Governador Mangabeira, Muritiba entre outras. Fundado em 5 de julho de 1942 e reconhecido pelo decreto-lei n. 1402, de 5 de julho de 1949, tem sede própria inaugurada em 22/12/1968, sito a Travessa Cícero Nazareno n.º 57, Cruz das Almas-Ba, atualmente está denominado como Sindicato dos Trabalhadores na Indústria do Fumo e Alimentos de Cruz das Almas – SINTIFA.
Como entidade representativa de um grupo majoritariamente formado por mulheres que, aliás, eram milhares delas, possuia em seus registros encontrados, datados a partir de 1949, apenas 63 mulheres fazendo parte da diretoria do sindicato e que, na sua grande maioria, ocupavam lugares de secretárias, suplentes conselhos fiscais e tesoureiras. Na sua presidência, durante estes vários anos, teve apenas as seguintes mulheres:

  • Marieta Costa Borges
  • Benedita Souza Salomão
  • Josenita Souza Salomão
  • Joseane Pereira

(FONTE: MULHERES NEGRAS E PODER NA INDÚSTRIA FUMAGEIRA de Luzia Souza Ferreira e Elizabete Rodrigues da Silva in Textura, FAMAM.Governador Mangabeira-BA, v. 6, n. 11, p. 27-29, jan./jun., 2013).

Publicado por

Edisandro Barbosa Bingre

Escritor, poeta, pesquisador memorialista e almanaquista. Agraciado em 2020 com o Título de Cidadão Cruzalmense pela Câmara de Vereadores de Cruz das Almas, Bahia.