A FÁBRICA DA SUERDIECK EM CRUZ DAS ALMAS E A SEGUNDA GRANDE GUERRA MUNDIAL.

A fábrica Suerdieck passou por um período de precariedade durante o período da Segunda Guerra Mundial, que ocorreu de 1939 a 1945. Havia uma terrível crise econômica entre os países envolvidos e, nesse momento de turbulência, ninguém era contratado para trabalhar e não chegava também matéria prima da Alemanha aqui para o Brasil e nem era exportado o nosso produto daqui para lá. (…)

Após o término da guerra, as coisas começaram a normalizar. Conta-se que nessa época, muitas mulheres foram chamadas em casa, sendo também contratadas muitas menores de idade, ainda sem certidão de nascimento, que tinham suas idades aumentadas, para poderem trabalhar.

(FONTE: A FÁBRICA DE CHARUTOS SUERDIECK NO RECÔNCAVO BAIANO:MEMÓRIAS E HISTÓRIAS DE TRABALHADORES NA DÉCADA DE 1935 a 1950. PRISCILLA DA SILVA ELOY. UFRB. 2016.)

Publicado por

Edisandro Barbosa Bingre

Escritor, poeta, pesquisador memorialista. Em 2020 foi agraciado pela Câmara de Vereadores com o Título de Cidadão Cruzalmense.